Como conquistar garotas com a ajuda do esoterismo



Você encontrou uma gata deliciosa, mas, para seu desespero, ela só transa se Saturno estiver em retrocesso. Em vez da tabelinha, prefere consultar o I-Ching. Acha que Paulo Coelho é um gênio da raça e não apenas acredita em duendes como conhece pessoalmente uns dois ou três.
Bem, temos uma boa notícia: não é preciso se submeter à leitura de obras iniciáticas para fisgar a moça. Basta mentir. Ela não acredita em qualquer coisa? Pois vá em frente! Aqui vão algumas dicas simples de como liberar o druida que existe em você e abater as bruxinhas deste final de milênio.


O coelho corre. Pro abraço

Paulo Coelho é uma espécie de Ratinho do esoterismo: tem milhões de admiradores, mas sua contribuição ao patrimônio cultural da humanidade é muito discutível. A filosofia coelhiana pode ser resumida assim: "Deus está dentro de nós e, se você fizer o bem, tudo vai dar certo". Não é grande coisa, mas, pensando bem, para este final de milênio, até que dá pro gasto. Se a garota que você almeja for leitora do "mago", o melhor é afirmar que você também é um bruxo de grande poder, filiado à Ordem Mística Muito Hermética do Grande Tupper Ware Fechado a Vácuo (O. M. M. H. G. T. W. F.
V.). Convide-a para ver a espada cerimonial da ordem, adiantando com ar de mistério: "Ela é enorme, levemente curvada para a direita, e aumenta de tamanho quando manipulada durante os rituais". Se funcionar, escreva-nos, para que nós da redação também possamos usar o truque.



Elas são do baralho!

Jamais diga que sua especialidade é decifrar os enigmas da sorte no baralho da Playboy. É claro que ela não vai acreditar. Seja mais sutil. Diga-lhe que você vê o destino dos seres humanos num tarô cigano do século XV, e tudo mudará de figura. Ou de naipe. Impressione-a com sua cultura inútil: o Tarô, o mais famoso dos baralhos de adivinhação, foi criado na Itália do século XIV. Alguns espertalhões dizem que é egípcio. Mentira. O baralho originou-se, possivelmente, de um jogo de ilustrações para fábulas medievais que acabou ganhando vida própria sem o texto. O Tarô é composto de 22 Arcanos Maiores e 56 Arcanos Menores. Os Arcanos Maiores têm figurinhas desenhadas e são bem legais; os Menores, muito chatos, nem sequer merecem nossa atenção. Como a interpretação das cartas baseia-se na livre associação de idéias, você só precisará de uma pitada de sensibilidade. Digamos, por exemplo, que, depois de dispor as cartas em círculo e pronunciar palavras cabalísticas em aramaico primitivo, você tire o Arcano 12, vulgo "O Enforcado". imples: "Nossa, gata! Um cara tentou se matar por sua causa, mas é tão burro que amarrou a corda no pé!"



Elemental, caro Watson

Quando ela disser, com aquele sorriso encantador, que viu "um lindo duende esta manhã no jardim", só há duas respostas possíveis: 1. "Ótimo, pega ele pra gente fazer uma salada..." e
2. "Que linda a sua camisa-de-força... É Giorgio Armani?"
No entanto, sarcasmo e ironia nunca ajudaram ninguém a levar uma mulher para a cama (e eu sei do que estou falando). O que você precisa saber para encantar aquela gata de bata indiana, perfume de ervas e incenso nos bolsos é que gnomos e duendes são elementais da natureza. O gnomo é ligado ao reino mineral e o duende ao reino vegetal. Existem também uns bichos ligados aos reinos animal e agual (isso mesmo, agual...), mas isso não vem ao caso. Os elementais se manifestam fisicamente apenas para pessoas que
têm muita "luz", "energia positiva" e "elevada sensibilidade" - e é
exatamente o que você tem de dizer se quiser traçar a garota. Ah, sim! Caso o assunto venha à tona, duendes e gnomos se vestem à moda medieval, uma roupa que até no tamanho lembra a dos anõezinhos da Branca de Neve.


Dois mais dois nem sempre é quatro

Ela se chamava Ivete e agora se chama Hywetteh. Tudo para atrair bons fluidos. Deve ter funcionado, porque o corpinho, hmmmmm, está mais bem desenhado que o símbolo do Yin-Yang. Nesse caso, tudo o que você tem de saber sobre numerologia é que ela é a versão ocidental do cabalismo judaico. Funciona assim: se no princípio era o Verbo, então as letras possuem poder e, bem combinadas, podem atrair a sorte. Em suma, o Aurélio é o nosso Deus e o professor Pasquale o seu único profeta. Não existem dois numerólogos que concordem sobre o poder atribuído a cada letra ou palavra,
portanto, pode dizer o que lhe vier à cabeça. Tipo: "A expressão 'sexo
anal' tem oito letras e a mesma vibração de Hywetteh. Vira, Hywe, vira...". Só não vá mudar seu nome de Fábio Arnaldo para Fasianaldo. Seria ridículo, para dizer o mínimo.



I-Ching

O I-Ching é um oráculo chinês em forma de livro, criado, diz a lenda, pelo imperador Fu-Shi em 2852 a.C. É composto de 64 hexagramas de nomes esquisitos como Ken, Kuan, Tofu, Missoshiru, Tempurá e Chop Suey. Para consultá-lo, basta pegar três moedas e atribuir a cada uma de suas faces os valores "dois" e "três". Jogue-as para o alto seis vezes e observe o resultado. Cada jogada criará uma das seis linhas dos hexagramas do oráculo. Quando tiver todas essas linhas combinadas, você será remetido para uma das páginas do livro. As respostas do I-Ching, "I" para os íntimos, são tão confusas que o oráculo quase sempre acerta. Digamos, por exemplo, que a pergunta seja: "Será que ela vai dar pra mim?" A resposta será sempre algo um tanto nebuloso, coisas do tipo: "Tofu indica que o caminho estará aberto e o sucesso ao alcance". O homem superior, nessas situações, deve ser firme e correto e insinuar que a moça precisa preencher o vazio existencial com uma boa picanha. Não entendeu nada, Gafanhoto? É assim mesmo. O I-Ching exige prática e habilidade. Quanto mais estudo, mais incompreensívelfica. Carl Gustav Jung, o Keith Richards de Sigmund Freud, passou anos estudando o oráculo, o que prova que o I-Ching é um negócio sério.
Ou que Jung não era tão sério assim.




Me Tarzan, you Daime

Cuidado, você está pisando em terreno minado. A gata deliciosa pode muito bem sacar uma borduna da bolsa se você fizer ironia com o Santo Daime. Daime é o chá feito de um cipó pelos índios da Amazônia, também conhecido como ayhuasca. Pois essa gororoba anda fazendo sucesso entre os brancos. E branco, you know, é complicado, neurótico, estressado, culpado, reprimido. Não é capaz de sentir um baratinho e ficar nisso mesmo. Precisa inventar uma religião para justificar a viagem. Nasceu assim o Santo Daime. A seita
saiu da selva e chegou às melhores casas das melhores famílias da nossa melhor sociedade. A executiva de tailleur que você está paquerando no restaurante talvez só se comunique em variações semânticas de uga-buga. À menor provocação, ela é bem capaz de virar bicho. Literalmente: um dos lances do daimismo é encontrar o animal-totem protetor. Se for um tatu-bola, tudo bem. Mas, se pintar uma onça-pintada, saia de perto...



Objeto de desejo voador não-identificado

Ai, ai, ai, meu caro: quer dizer que ela curte homenzinhos verdes e jura que já foi abduzida (não confundir com "abusada" ou "seduzida") por eles?! Ela acha que ArquivoX é baseado em fatos reais?! Não ligue para o hospício. Ainda. Milhões de pessoas afirmam a mesma coisa. Essa crença, a única genuinamente contemporânea, é mais comum do que sonha nossa vã filosofia. Portanto, se a gatinha lunática for gostosa, afirme, sem temer o ridículo, que somos visitados freqüentemente por zeta-reticulanos cinzas e brancos. Ambos vêm da estrela Zeta Retículi, são nanicos, têm um cabeção enorme e
dois olhões pretos, embora não possuam nenhum parentesco com o Inocêncio de Oliveira. Os zeta-reticulanos brancos são gente boa. Já os cinzas não valem um dracma: mutilam animais, seqüestram seres humanos e se escondem na famigerada Área 51, no deserto americano de Nevada. Se, ao dizer tudo isso, ela duvidar da sua sinceridade, erga a mão em sinal de paz e pronuncie várias vezes "Klaatu barada nikto!" Ela vai cair de quatro. Caso ela perceba que esta é uma citação do filme O Dia em Que a Terra Parou,
melhor ainda. Isto só prova quanto você é ligadão no objeto (voador) de desejo dela.



O sexo dos anjos

Um ser humano normal, como você, só recebe a visita de um anjo em três ocasiões:
1. Para avisar que, se não parar com essa história de sodomia (e gomorria), a cidade inteira arderá no enxofre.
2. Para ordenar que você suba num morro e passe a faca no pescoço do seu único filho.
3. Para contar que sua mulher está grávida do novo Messias. A bem da verdade, anjos nunca foram criaturas confiáveis. A começar por Lucibel, vulgo Lúcifer, espécie de Golbery de Deus que surtou, resolveu dar um golpe de estado e se deu muito mal. Apesar dessa índole duvidosa, porém, o culto aos anjos também virou cult neste fim de milênio. A questão, como sempre, é: a gatinha de olhos azuis que acende uma vela para o anjo da guarda todas as noites vale uma reza? Se a resposta for afirmativa, diga-lhe que você é íntimo de Gabriel, Samuel, Azrael, Miguel, Rafael, Manuel ou qualquer outra
coisa terminada em "el" (Pastel e Sarapatel, não). Se quiser impressionar, explique-lhe que os anjos são divididos em três principados ou níveis hierárquicos. O primeiro principado é uma espécie de Forças Armadas de Deus e zela pela segurança do Céu. O segundo é composto de anjos mensageiros, que trazem recados do Senhor para os homens ("Seguinte, tu serás martirizado na próxima quarta-feira de manhã, o.k.?"). O terceiro principado fica na Terra mesmo, protegendo igrejas, cidades e, é claro, a sua gatinha de olhos azuis. Anjos freqüentemente se metem em assuntos terrenos. Ajudaram a tomar Antióquia, por exemplo, 900 anos atrás, durante a Primeira Cruzada. Pelo menos era o que se dizia na Idade Média, um tempo estranho.



Pisando nos astros, distraída

Astrologia é sempre um bom assunto para engatar qualquer conversa. Mesmo que você não saiba absolutamente nada do assunto, pode se sair com essa: "Desculpe, Mô; nós, piscianos do segundo decanato, não acreditamos em astrologia". (Torça para ela não perceber a ironia: pisciano acredita em qualquer coisa!) Algumas informações que podem ajudá-lo a ir ainda mais fundo: a astrologia foi desenvolvida na Babilônia e baseia-se no fato de que a Terra é o centro do Universo e 12 astros circulam ao seu redor, influenciando a vida das pessoas e a programação da TV a cabo. Não cometa a besteira de argüir que a Terra não é exatamente o centro do Universo e que os astros não circulam em torno dela. Você quer ou não quer a menina? Diante disso, tudo mais é irrelevante. Para conquistar gatas que vivem com
a cabeça nas estrelas, vamos lhe ensinar um truque. Você por acaso percebeu que há sempre uma característica bacana e outra nem tanto para cada signo? Pois essa é a lógica zodiacal elementar. O resto dependerá de quão bom você é em matéria de chutes. E, mesmo se errar, não desanime. "Menina, você é tão sofisticada. Aposto que é de... deixe-me ver... Sagitário!" Há sempre o risco de ela responder: "Não, eu sou de Leão..." Respire fundo e vá em frente. "Eu sabia! Mas seu cometa lunar está em Sagitário, certo?" Essa abordagem é um tanto canalha, mas quase sempre funciona. Mesmo quando Júpiter avança pela segunda casa de Saturno, à esquerda de quem entra.



0 Comments:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...