Artistas Piolhentos



Foto: Baz Ratner/Reuters

Sete jovens com piolho viverão em museu de Israel por três semanas.
Eles usam toucas durante o evento, para não espalharem o parasita.

Sete jovens artistas de Berlim, na Alemanha, vão tentar ampliar as barreiras da arte com um experimento um tanto insólito. Eles passarão três semanas dentro de um museu em Israel com piolho em seus cabelos. “Arte não é fazer uma pintura na parede”, afirmou Milana Gitzin-Adiram, curadora do museu da cidade de Bat Yam, perto de Tel Aviv. “Arte é vida e a vida é arte.”

A exibição, que já está em andamento, causou controvérsias – “sem propósitos”, dizem os artistas. Isso porque em Israel a palavra “piolho” pode reviver memórias da propaganda nazista, que descrevia os judeus como parasitas.

Os artistas, que dormem, comem e tomam banho na galeria, afirmam que a exposição brinca com a idéia de anfitriões e hóspedes, proposta pelo museu. “A idéia é vivermos aqui como hóspedes, e ao mesmo tempo hospedarmos os piolhos em nossas cabeças”, afirmou Vincent Grunwald, 23, que usa uma touca de banho para evitar que o piolho se espalhe entre os visitantes.

A curadora afirma ter passado semanas explorando esse tema e recorreu até a filósofos e à Bíblia para se inspirar. Ela recebeu propostas de todo o mundo que se encaixavam dentro do tema e diz ter se encantado com a idéia dos jovens.

O grupo de artistas admite que viver com piolho pode ser desconfortável, mas afirma que vale a pena, em nome da arte.

Segundo eles, a idéia inicial não era fazer uma referência provocativa ao holocausto. “Estamos cientes de que, sendo alemães em Israel, existia o risco de sermos interpretados de maneira errada”, afirmou Stefan Reuter, 27. “Mas as pessoas nos fazem perguntas [sobre a exposição] e uma mulher até nos agradeceu por fazermos uma crítica à retórica fascista da história alemã”, continuou.

FONTE: REUTERS

Calvin Klien... :P





Vícios...




No ônibus, o cidadão acende o seu charuto e começa a fumá-lo tranquilamente,
quando lá na frente levanta-se a bicha, muito incomodada e reclama:

- Credo! Que fedor! Mas que vício horrível o senhor tem!


E o sujeito:

- Bonito é o teu, né?


Tempos Modernos!





Educação no Ambiente de Trabalho





In Love ( Forever)





Barbie Anoréxica





Autoestima em baixa...





Hello Kitty in Mortal Kombat. Ahn?!





Clicaram na hora errada....





Negociando o preço





The Naked Vlog Campaign





Legumes em Ação





Amigos...





Cadê o Cartunista?







Simpatia para não virar gay






13 de Abril: Feliz Dia do Beijo, com humor!





Foi salvo pelo coração de um suicida. Depois, cometeu suicídio!



Esta história é de arrepiar. Digna de uma história contada com a maestria sinistra de um Stephen King. O cenário é o estado americano da Carolina do Sul. Tudo começa quando Terry Cottle se mata, em 1995. O coração de Terry é doado a Sonny Graham, a quem os médicos davam apenas seis meses de vida.

Um ano após a bem-sucedida cirurgia, Sonny começa a se corresponder com Cheryl, a esposa do doador. Os dois se aproximam e se casam. Decidem recomeçar a vida e se mudam para a Geórgia (na foto, o casal participa de um culto religioso).

Só que 12 anos após se casar com Cheryl, Sonny se suicida da mesma forma que Terry: com um tiro. O corpo é encontrado na garagem, sem qualquer explicação para o ato erxtremo. A mulher fica viúva pela segunda vez e decide que o coração não será mais transplantado.

Amigos disseram, segundo a história relatada pelo "Daily Mail", que Sonny não apresentava qualquer sinal de depressão.

Só que cientistas afirmam que há mais de 70 casos de transplantes documentados em que os pacientes mudam sua personalidade e passam a ter características do doador do órgão. Mas a relação carece de maior embasamento científico.

Mês passado, uma mulher de Lancashire, na Inglaterra, comentou que o seu gosto literário havia mudado radicalmente após um transplante de rim. Antes costumava ler best sellers como "Código Da Vinci", e agora só se interessa por clássicos como "Crime e Castigo", de Dostoevsky.


Fonte: Page not found


Prophecy





Que fofo...





Isso pode ser útil um dia. Quem sabe?



Pesquisadores confirmam que ursos não atacam quem se finge de morto

A crença de que ursos não atacam quem se finge de morto tem fundamento. Pesquisadores apuraram que eles não são atraídos por cadáveres. Quando encontram um animal imóvel, os ursos o cheiram para conferir se não é simulação. Se a presa não se mexe, simplesmente não tocam mais nela.

Freiras e Bananas



Na hora do almoço, a madre superiora anuncia:

- Irmãs, hoje teremos bananas de sobremesa!!

- Ehhhhh hhhh!!!! Vibram as freiras.

- Em rodelas!!

E as freiras, decepcionadas:

- Ahhhhhhhhh!!!!....

Marido arranca olhos de crocodilo e salva mulher



O ataque aconteceu no Parque Nacional de Litchfield, perto de Darwin, no norte da Austrália.

O crocodilo deu o bote na mulher quando ela passava pelas margens de um rio, abocanhando suas pernas antes de tentar puxá-la para dentro da água.

Ao ver a cena, o marido saltou sobre as costas do réptil e arrancou seus olhos com os dedos, conseguindo libertar a mulher.

A vítima, de 36 anos, sofreu sérios ferimentos nas pernas e será operada. O homem escapou ileso.

A polícia disse que o “heroísmo” do marido salvou a vida da mulher.

Na semana passada, policiais australianos atiraram num crocodilo que se aproximava de um homem bêbado que aceitara o desafio de nadar em águas habitadas pelas feras.

Fonte: BBC


Aqui ó!





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...